segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Isto é uma vergonha!

O jargão, de autoria de Boris Casoy, hoje, volta-se contra ele. A infeliz declaração dada pelo conceituado jornalista, na abertura do Jornal da Band, desmerecendo aqueles que limpam nossa cidade (seja qual ela for), só evidencia mais o desdém por parte da sociedade à classe de gari. Ato indecoroso, preconceituoso, de absurda arrogância.

Fato é que, como bem
disse o companheiro Daniel Mafra, do IsoBlog, Boris Casoy não é o único a pensar desta forma. Há muito estúpido por aí sujando, propositalmente, as ruas pelas quais passam, discursando, quando questionados pela atitude petulante, que estão apenas mantendo os garis em atividade.

De fato, os garis têm como dever limpar espaços públicos. Mas, quando bueiros e rios das cidades entopem, causando alagamentos e contribuindo para o prejuízo físico (doenças) e material (perda de carros, casas, móveis e etc) da população, sabemos que as conseqüências se atribuem, gradativamente, a inconseqüentes que, sem a menor cerimônia, atiram sujidades nas ruas. Portanto, desonrar a profissão de gari é leviandade, ignorância, improcedente e imperdoável.

Mais: aqueles que menosprezam os garis certamente não tiveram, ainda, a experiência de ficar, por exemplo, uma semana sem o serviço deles. Talvez uma greve geral sirva com valorização, concorda, Boris Casoy?

6 comentários:

  1. O mais importante nao é a colocação de um gari e sim o desprezo pelo ser humano seja ele gari - policial - medico - faxineiro etc.
    é preciso respeitar o proximo.
    assim, o seu comentário seria legal se fosse colocado nao a situação especifica de um gari e sim o desrespeito pelo ser humano.
    de qualquer forma,Parabéns!
    Braga.

    ResponderExcluir
  2. Este fato também evidencia como muitas figuras públicas vestem uma máscara de personagens, os quais, nem sempre, correspondem às suas verdadeiras faces.

    ResponderExcluir
  3. Lamentável;

    Sem mais.

    ResponderExcluir
  4. Pedir desculpa é fácil, mas acredito que, como eu, muita gente não o perdoou.

    Boris Casoy apenas pediu desculpas pela palavras, mas não se explicou. Para tentar abaixar seu infeliz comentário, ele deveria passar um dia como gari. Acredito que algumas pessoas fariam isso para TENTAR se desculpar, mas nem isso ele é capaz.

    ResponderExcluir
  5. Pois é Renan,
    Se o microfone não estivesse aberto nunca saberíamos como Boris Casoy é preconceituoso, assim como disse Mattheus Rocha, evidencia fatos. E para min e muitos que mantinha imensa admiração pelo trabalho de Boris Casoy? É surpreendente! Custei acreditar Isso é realmente uma VERGONHA! Será que o preconceito é só pelo gari? O episódio nos deixa uma "?".
    Parabéns Renan!

    ResponderExcluir
  6. Braga, é verdade. Eu só quis ser mais específico no texto. Abração!

    Mattheus, concordo inteiramente.

    Markinho: fato!

    Gustavo, minha mãe está decepcionada com Boris Casoy até hoje. Ela era fã dele. Era...

    Mãe, fiquei decepcionado também. É frustrante ver um cara gabaritado com uma opinião mesquinha dessa. Beijos!

    ResponderExcluir