terça-feira, 20 de outubro de 2009

Velozes e Furiosos 4

Viver intensivamente ou nada. Esse é o lema de Dominic Toretto (Vin Diesel), no eletrizante Velozes e Furiosos 4. Não pra menos, já que nada mudou na vida dele. Toretto segue o mesmo da primeira versão: fugitivo e habilidoso com as mãos no volante. Ao seu lado, Letty (Michelle Rodriguez), sua velha namorada e companheira de roubos nas rodovias e uma nova equipe.

Torreto, como sempre, não consegue relaxar onde vive. E o FBI, chefiado por seu amigo (ou ex) Brian O’Conner (Paul Walker), está na sua cola. Ciente disso, Toretto decide fugir. E, distante de casa, ele recebe uma trágica notícia que o faz voltar a Los Angeles. Lá, inevitavelmente, ele reencontra Brian. Juntos e sob quatro rodas, ambos embarcam em uma missão que visa capturar Braga, um traficante de heroína pela divisa do México. Brian e Toretto, mesmo em situações distintas, têm algo em comum: anseiam por muita velocidade.

Enfim, não há muito que dizer de Velozes e Furiosos 4. Embora esteja em sua quarta versão, o filme me surpreendeu, pois não caiu na pasmaceira. Tem ação de sobra, cenas espetaculares como a primeira, bons efeitos e um final até surpreendente. Não vai te acrescentar em nada, mas vale a pena conferir pelo vigor. Apenas por isso.

Um comentário:

  1. Não leia apenas. Em seguinda, vá a locadora e pegue este filme. Tchau!

    ResponderExcluir